Nesta página, temos algumas respostas as suas dúvidas.

Categorias

-Quais são os cuidados que um celíaco deve ter em sua alimentação?
O celíaco deve ficar atento aos produtos industrializados, pois muitos não possuem informações corretas e confiáveis. Alguns medicamentos possuem glúten em sua composição. Ao viajar, deve-se pesquisar antes para assegurar uma alimentação correta e uma viagem tranquila. As mães devem estar atentas à merenda oferecida no ambiente escolar para crianças celíacas.
-O que acontece se um celíaco não seguir o tratamento?
Além de continuar convivendo com os sintomas, corre-se o risco de desenvolver deficiências nutricionais sérias, como anemia e osteoporose. Em longo prazo, algumas doenças associadas podem se desenvolver, como dermatite herpetiforme, psoríase e diabetes mellitus. Outras consequências são a enxaqueca, manifestações reumáticas, alterações hepáticas, alergias alimentares, infertilidade e neoplasias (câncer).
-Qual a relação entre DC e intolerância à lactose?
Normalmente a lactose é ‘quebrada’ pela ação de uma enzima chamada lactase, a qual é produzida nas células intestinais. Como na DC existe um dano na célula intestinal, a produção de lactase fica prejudicada e, como consequência, há dificuldade na absorção da lactose.
-A Doença Celíaca passa de pessoa para pessoa?
Não. Não passa através do sangue, sexo, secreções, pele ou qualquer contato com as pessoas.
-Quem deve realizar os exames para diagnóstico da Doença Celíaca?
Qualquer pessoa que apresente os sintomas ou sinais descritos acima e todos os parentes diretos (pais, irmãos e filhos) dos pacientes celíacos. O risco de um parente ter a doença é de 1/10 enquanto que na população geral é de 1/214 (Estado de São Paulo).
-Como saber se determinado produto contém ou não glúten?
Primeiramente deve-se ler o rótulo do produto (lei federal desde 2003). Se não houver menção quanto à presença do glúten, deve-se entrar em contado com o fabricante e pedir informações a respeito.
-Como é o tratamento da doença celíaca?
Não existem medicamentos ou vacina para a doença celíaca. O tratamento consiste em evitar por toda a vida alimentos que contenham glúten (tais como pães, cereais, bolos, pizzas, e outros produtos alimentícios, ou aditivos, que contenham trigo, centeio, aveia e cevada). Medicamentos e outros produtos também podem conter glúten. Os pacientes podem começar a apresentar melhora um ou duas semanas após o início da dieta. Na maioria das pessoas, os sintomas desaparecem e a parede do intestino se recupera totalmente de 6 a 12 meses após o início da dieta sem glúten. Visitas regulares a um nutricionista e a uma equipe de profissionais de saúde com experiência no tratamento da doença celíaca são importantes. A dieta sem glúten deve ser seguida por toda a vida.
-Como a doença celíaca é diagnosticada?
A doença celíaca pode levar anos para ser diagnosticada. Os exames de sangue são muito utilizados na detecção da doença celíaca (sorologia específica). Para fechar o diagnóstico, deve ser realizada uma biópsia do intestino delgado para observar as alterações na mucosa do intestino. Por meio da biópsia é evidenciada a atrofia vilositária e a infiltração de linfócitos intra-epiteliais. Após período sem ingerir glúten, uma nova biópsia deverá ser realizada, sendo demonstrada a normalização da mucosa intestinal, confirmando definitivamente o diagnóstico da Doença Celíaca.
-O que acontece quando um paciente da Doença Celíaca ingere o glúten?
Ao entrar em contato com a mucosa do intestino delgado do paciente, o glúten desencadeia um processo inflamatório nesta região, alterando a mucosa intestinal e levando a má absorção de alimentos. Ele agride e danifica as vilosidades do intestino delgado e prejudica a absorção dos alimentos.
-O que é o glúten e onde ele está presente?
O glúten uma proteína presente no trigo, aveia, centeio, cevada e malte (subproduto).
-Quais são os sintomas da doença celíaca?
O quadro clássico é representado pela diarreia crônica, distensão abdominal e desnutrição, com consequente perda de peso. Entretanto, outros sintomas também podem estar presentes, como a dor abdominal, vômitos, constipação intestinal (prisão de ventre), inchaço, flatulência, irritabilidade, dores de cabeça. Os sintomas podem variar de pessoa para pessoa.
-O que é doença celíaca?
A doença celíaca é considerada uma desordem autoimune, na qual o organismo ataca a si mesmo. É uma doença causada pela intolerância permanente ao glúten, de origem imunológica e genética que acomete a mucosa do intestino delgado causando a sua atrofia e, por consequência, dificultando a absorção de nutrientes.